SJ News - шаблон joomla Авто

Entretenimento

Não me causou nenhuma surpresa a proposta do deputado petista, Daniel Zen, sobre a legalização da maconha. Zen faz parte da bancada de partidos que debate, no Congresso Nacional, 867 projetos que, de alguma forma, agridem a família tradicional, assim como os princípios cristãos. LEIA TUDO AQUI

O primeiro livro de Bruno Borges, que ficou conhecido como O Menino do Acre, entrou para  a lista dos mais vendidos do Brasil.

Segundo o site especializado Publish News, TAC: Teoria da Absorção do Conhecimentoalcançou o vigésimo lugar na lista de livros de não-ficção mais vendidos do país entre os dias 24 e 30 do mês de julho.

A tiragem original de 20 mil cópias já esgotou. Em um trecho do livro, Bruno explica do que se trata os estudos dele.

"Eu apenas quero mostrar, pela minha barganha de conhecimentos empíricos e teóricos, a conclusão que eu cheguei, pois, como eu ia dizer, essa é uma teoria pela qual eu coloquei em prática durante anos suas funcionalidades e pude perceber que dava certo, uma vez que foi dela que saiu tantas ideias totalmente originais partidas de mim mesmo", escreveu.

A Polícia Civil do Acre disse ter encontrado "fortes indícios" de que o desaparecimento do jovem estudante Bruno Borges tenha ocorrido para impulsionar a divulgação de livros de sua autoria. O departamento de inteligência afirmou que no mesmo dia em que o rapaz desapareceu, um contrato falando de faturamento das obras foi registrado em Rio Branco.

 Fonte: R7

Haverá três modalidades do programa; em uma delas, para alunos com renda familiar per capita de até três salários, a taxa de juros será zero.

o próximo ano, o governo vai oferecer 100 mil vagas para o Financiamento Estudantil (Fies) a juro zero para alunos com renda per capita familiar de até três salários mínimos. O programa foi reformulado e terá três tipos diferentes de contrato.

 

As mudanças foram anunciadas na manhã desta quinta-feira (6). Para que tenham validade, o governo enviará uma medida provisória (MP) para o Congresso.

 

A seleção do segundo semestre, no entanto, continua sob as regras antigas. Serão oferecidas mais 75 mil novas vagas de contratos de financiamento. O cronograma com as datas será publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (7), segundo o MEC.

 

FIES 1

  • PÚBLICO: Voltado para alunos com renda per capita familiar de três salários mínimos. Vai funcionar como um fundo garantidor de recursos da União.
  • TAXA DE JUROS: Não haverá nenhuma taxa de juro.
  • PAGAMENTO: Pelas regras, o aluno vai começar a pagar as prestações com parcelas de no máximo 10% da renda mensal. Assim, o MEC calcula uma economia de pelo menos R$ 300 milhões por ano com taxas operacionais.
  • VAGAS EM 2018: A previsão é de oferecer 100 mil vagas.

FIES 2

  • PÚBLICO: Voltado para alunos com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos. Voltado para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.
  • TAXA DE JUROS: A taxa de juros é de 3%, mais correção monetária.
  • FONTE DE RECURSOS: Segundo o MEC, a fonte de recursos será de “fundos constitucionais regionais”.
  • VAGAS EM 2018: A previsão é de oferecer 150 mil vagas.

FIES 3

  • PÚBLICO: Voltado para estudantes com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos.
  • TAXA DE JUROS: Ainda não há previsão. "Não tem definição prévia sobre a taxa de juros, será maior que 3%, mas menor que as taxas bancárias privadas", diz o ministro.
  • FONTE DE RECURSOS: A fonte de recursos será o BNDES e fundos regionais de desenvolvimento do Norte, Nordeste e Centro-Oeste. O risco de crédito também será dos bancos, diz o MEC.
  • VAGAS em 2018: A previsão é de ofertar 60 mil vagas. Nessa modalidade, o MEC discute com o Ministério do Trabalho uma nova linha de financiamento que pode garantir mais 20 mil vagas adicionais.

 

"Eu (r)existo! Sou Trans "" Eu posso ... Eu sou "" Libertem Rafael Braga "" Fora Temer '' Respeito para as meninas "" Amar sem Temer "" Black Queens, sim 'e' Somos Dandara "foram oito cartazes designer brasileiro Gustavo de Carvalho, exibidos ao lado de sua coleção Xingu na Casa de Criadores. Seguidas por um filme de moda que mostrou na passarela, levou à censura, que ele diz, era claramente um conflito político.

Carvalho é um dos mais importantes jovens talentos no Brasil, daí a sua participação na Casa de Criadores. Nesta temporada, ele foi inspirado pelo encontro das águas, principalmente porque ele começou a investigar o maior desastre ambiental da história brasileira: a tragédia de Mariana. "Xingu significa água potável. Para esta temporada eu encontrei uma inquietação que devastou o meu país e me jogou para as raízes da nossa cultura: os índios ", diz o designer.

Foi Xingu tão controverso, que de acordo com o designer, foi censurado ambas as redes sociais e em vários jornais e revistas do país. "Depois da minha apresentação, eu estava com dois membros da minha equipe para retirar o material do desfile quando o diretor do evento veio e gritou comigo dizendo que eu não tinha a liberdade de expressão para apresentar o desfile que estava desenvolvendo porque patrocinadores do evento não querem ver seus nomes envolvidos em questões políticas ", diz ele.

Ambos website Gustavo como Instagram pararam de funcionar. Os organizadores do evento não declararam nada sobre isso. No entanto, o importante aqui é o trabalho desenvolvido ao longo de 18 meses, o designer tentou colocar os holofotes sobre questões sociais e políticas através de sua arte.

Fonte: Viste La Calle

A Justiça proibiu que a VoxBras – nova empresa que tem como sócios Carlos Costa e Carlos Wanzeler, donos da Telexfree – de comercializar dois serviços, o VoxZap, um aplicativo de troca de mensagens, e o Pipz, programa de fidelização e acúmulo de pontos que podem ser trocados por produtos.

Na decisão do último dia 9, o juiz Joaquim Ricardo Camatta Moreira, da 1ª Vara de Castelo, acolheu o pedido do Ministério Público Estadual (MPES) em determinar que a companhia, cujo nome fantasia é Simternet Tecnologia da Informação, abstenha-se de colocar no mercado os dois produtos. Para ele, há indícios que a empresa, com sede nesse município, esteja sendo utilizada “como forma de reestruturar ilicitamente a Telexfree”.

“Confusão entre os sócios, suspeita de transferência patrimonial para evasão de responsabilidades e terceirização de serviço sobre o qual não se tem garantia de idoneidade. (…) Entendo prudente acolher os requerimentos, evitando-se a reedição do malfadado esquema de pirâmide financeira, condicionando a disponibilidade do produto no mercado à prévia realização de perícia”, relatou no documento o juiz.

Pelo o que consta na decisão, nem mesmo o administrador judicial da VoxBras – profissional escolhido pela justiça para gerir empresas em recuperação ou em processo de falência – mostrou-se capaz de entender tecnicamente os produtos lançados pela empresa e pediu uma perícia nas atividades ligadas aos aplicativos.

Um dos advogados da VoxBras, Danny Fabrício Cabral Gomes afirma que ainda não foi intimado, mas que acredita que a decisão possa ser reavaliada. Ele sustenta que a Voxbras “não tem nada a ver com a Telexfree”.

“Estou tranquilo quanto a isso. Na prática, as duas empresas tem sócios em comum, mas, para fins legais, não se pode considerar as duas como se fosse uma só. É uma decisão que pode ser reavaliada, nós não reconhecemos esses indícios apontados”, contou.

Apesar do advogado negar a relação, uma ação penal corre na Justiça Federal do Espírito Santo contra Carlos Costa e Carlos Wanzeler, além dos antigos sócios da VoxBras, por suspeita que a empresa tenha sido usada para lavar dinheiro da Telexfree.

Outro lado

Em nota, a Simternet disse que “ainda não foi intimada de qualquer decisão e se posicionará quando o for. A empresa atua estritamente dentro da legalidade, com produtos e serviços lícitos, modernos e atrativos para o consumidor. A empresa confia que o Poder Judiciário e o Ministério Público, de maneira justa e serena, continuarão a fiscalizar as atividades da companhia de forma com que a mesma possa exercer o seu direito constitucional ao trabalho honesto e à livre iniciativa, podendo assim cumprir com os objetivos da Lei de Recuperação Judicial, beneficiando toda a sociedade, conforme vêm fazendo até o presente momento”.

Informações da Gazeta Online (ES)

Página da Nativus no Facebook

Who's Online

Temos 51 visitantes e Nenhum membro online

Template Settings

Color

For each color, the params below will be given default values
Blue Oranges Red

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Spotlight3

Background Color

Spotlight4

Background Color

Spotlight5

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction